Membros Participantes

Cadastre seu e-mail para receber novidades

domingo, outubro 16, 2011

3

Voltando a estaca zero.

Você leu a postagem sobre a tempestade Solar em 2013?


(OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Este texto pode soar apocalíptico, mas não é!)

Se não leu, é necessário compreendê-la antes de apreciar este post, o link está abaixo:

Se você leu o post, entende que a humanidade pode demorar até 10 anos para se recuperar deste desastre natural, e entende que não há como evitá-lo, certo?








Qual será o papel do radio-operador (denovo, como sempre)?
Não precisa de resposta.

Pois é, compreende-se os resultados desta tempestade solar como sendo um desastre natural, e a medida de "precaução" sería manter os equipamentos desligados, e como disse o cientista, é uma "tese" não provada,  mas é uma "tese", ele acredita nisso, mas... uma tempestade solar 20 vezes menor que a prevista é capaz de queimar todo e qualquer tipo de eletrônico, mesmo desconectado da energia elétrica, e essa simulação a gente faz em laboratório, basta trazer um rádio aqui para servir de cobaia, prometo devolvê-lo queimado e prometo que irá assistir a simulação. Em miúdos, estamos f_didos!











O que me deixa muito preocupado é este sentimento de impotência a respeito, estamos falando de um impacto direto no modos vivente do ser humano, mas pensando nessa responsabilidade vou fazer experimentos com chumbo, e de repente uma simulação em laboratório é capaz de provar que uma simples caixa de chumbo confeccionada em casa, é suficiente para proteger seu transceptor, ou mais algumas coisas de valor, vamos ver. De qualquer jeito, vou deixar tudo aqui, de forma que possa se instruir, ensinar os amigos e vizinhos e se proteger, e consciente que também este site, como muitos outros, estarão fora do ar, por muitos e muitos anos.
Isso não me preocupa, eu já fiz minha parte em não te deixar na mão. Valeu enquanto durou.
Entenda que de forma alguma é um sentimento de "fim de mundo", nada disso, o problema será a falta de comunicação no mundo fora da internet, e as dificuldades que um planeta inteiro sofrerá com a falta de energia elétrica e comunicação. Já pensou que não haverá energia para manter medicamentos  e alimentos em temperatura ideal? Já se viu sem elevador, tv, celular, gps, bombas de água para seu condomínio, entre outros. Por outro lado, quem possuir um transceptor da faixa do cidadão (funcionando), e tiver experiência em DX, será considerado denovo um salvador da pátria, literalmente, mas e a energia para fazê-los funcionar?
Esta é outra preocupação, e não adianta pensar apenas em baterias automotivas, elas descarregam, e nem vou falar do carro (também não vai funcionar), além de que o posto de gasolina não terá energia suficiente para bombear combustível até o tanque de sua estação móvel (parece filme do Mad Max).
Se o chumbo for uma alternativa, vou deixá-los informados, prometo, e desta forma poderá proteger bem mais que seus transceptores, como também sua estação móvel, em especial, a centralina, e com sua estação móvel funcionando, você pode ajudar muita gente. O caminho é esse.

(Lembre-se, para comentar, dê 2 cliques para postar)
((•)) Ouça este post

3 comentários:

GRIM disse...

Realmente é preocupante essa situação e fico muito ancioso para ver "seus testes" com o chumbo. Gosto de receber seus emails que tem muitas ricas informações ok? Vou ficar de olho nesses acontecimentos naturais, nas informações via internet e outros meios. Gostaria muito de, se acaso acontecer isso, poder ajudar "muita gente" com meu qrp caseiro. Forte 73... de PY2RD - GRIM - Castilho-SP.

Bene disse...

Como seria possível dizer que é capaz de queimar todo e qualquer tipo de eletrônico, mesmo desconectado da energia elétrica? Nesse caso queimaria também os CIs e Transistores, entre outros componentes ativos que estivessem nas prateleiras? Você teria uma explicação mais técnica para isso?

Abraços
Bene

André Luiz disse...

Bene, se uma tempestade solar como de classe X6 tiver suas emissões magnéticas dirigidas dirretamente para a terra, as consequências podem devastadoras.
Pesquise no site da Nasa.
73s

Sem instrumentos, não adianta!

Sem instrumentos, não adianta!
clique na imagem

Postagem em destaque

Consertando e ajustando pastilhas de wattímetro Bird

"Para aqueles que acham que este instrumento é incorruptível", é bom saber que os wattímetros Bird usam elementos removíveis, cha...

→ TVi ↓

TVi é um dos problemas mais sérios que o radio-operador pode sofrer. Pensando nisso, aqui vai algumas dicas seguras sobre como evitar este problema.

1º Cabo: Tem gente que acha que é só soldar o fio no conector e está tudo certo. Ledo engano!

Antes de soldar o conector, certifique-se que a malha esteja totalmente prateada, brilhando. Caso não esteja, substitua o cabo, ele está oxidado. "É a ação do tempo".

2º Conector: Verifique a qualidade do conector no ato da compra, e caso seu conector esteja a anos sendo utilizado (ou guardado), passe uma lixa fina por dentro no local onde encaixa a malha. Não deve haver nenhum tipo de sujeira ou sinal de oxidação.

3º Conector fêmea do rádio: Utilize uma chave de estria tamanho 19 e aperte a porca. Mal contato é um problema sério. Verifique a solda interna após o reaperto.

4º Não utilize antena tipo 5/8 caseira entre prédios e condomínios que estejam em locais mais altos que sua estação à distâncias menores de 10 metros. Lembre-se que a antena 5/8 irradia em ângulo reto, e a antena de tv do vizinho pode ser aquele famoso "bombrill".

Escolha sempre antena 5/8 industrial. Se for caseira utilize 1/4 de onda, pois seu lóbulo de irradiação aponta a ionosfera, ao invés do horizonte, como no caso da 5/8.

5º Não abra o ALC do equipamento. O ALC libera espúrios. Ao abrir potência do equipamento mantenha a proteção ALC. Da mesma forma que fazemos em nosso laboratório. Isso é imprescindível. Abrir ou aumentar potência não tem nada a ver com liberar ALC. Isso é para incompetentes e palitadores. Se abrir a potência do equipamento lembre-se de deixar o ALC atuando.

6º Estacionária: Nunca se esqueça que estacionária baixa não tem nada a ver com ressonância. A antena pode estar com roe ótima em determinado local, mas ressonar lá na casa do...

7º Identificar o "plano terra": Plano terra não tem nada a ver com antena plano terra. Você deve saber onde é o plano terra de sua estação, e o mesmo não tem nada a ver com o solo. Descobrindo o plano terra, a partir dele você saberá qual é a altura ideal para sua antena. Respeitando esta regra, além do rendimento otimizado de sua Estação, jamais correrá riscos de TVi. Dúvidas?

Consulte-nos.

→ Power RF Aprenda ↓

Como saber a potência correta sem ser enganado?

Primeiro, pesquise sobre o DATASHEET do transistor do seu rádio, leia a respeito, verifique a potência máxima levando em consideração a voltagem do transistor. A base de cálculo é a fonte de alimentação, então o parâmetro é 13,8 volts.

Se apresenta 8A de consumo em amperímetro digital "com congelamento de pico máximo", basta multiplicar 13,8v por 8A e o resultado dividir por 2.66, eis a potência correta, que são 41,5 watts de envelope - PEP. Em miúdos, no assovio tem que dar 41,5 watts, e na modulação 60% por conta do péssimo modulador original, então restam quase 25 watts de modulação real. Viu porque não adianta palitar? Girar ou abrir posição de trimpot apenas gera mais calor, e calor é igual a perda. Quanto mais se aquece o transistor, mais fecha a entrada de gate quando aquecido, e por isso você precisa alterar alguns componentes na saída, porque eles impedem o rendimento da potência final (isso só serve para rádios PX).

Um rádio na atualidade - 2015 - original apresenta 20w PEP SSB em média, então você tem 13,8v X 4A de consumo, que é = 55.2w Dividido por 2.66 = 20,75w efetivos. Ou seja, fonte de 5A para esse rádio original toca com folga.

Rádios com upgrade apresentam consumo entre 12A e 16A "em média" para mais, então você tem 13,8v X 12A = 165,6W em calor (em perda) divididos por 2,66 = +- 60w que representa o % aproveitável, e em média máxima "para 13,8v". Com voltagens DC to DC na alimentação, essa potência pode ultrapassar os 100 watts aproveitáveis, mas não há área de dissipação, então não recomendo. A bem da verdade, eu literalmente pago para ver alguém conseguir reproduzir o sistema que patenteamos, DC to DC.

Se utilizar bateria de 12v, o consumo em amperagem é maior. Quanto maior a voltagem, menor consumo em amperagem, quanto menor voltagem, maior consumo em amperagem.

By: Lei de Ohm.

Medições fora deste parâmetro são equivocadas.

Fale comigo

→ Dica de Segurança

A vantagem do Rádio na estrada, além da possibilidade de fazer grandes amigos, é saber o que está acontecendo lá na frente. Um possível deslizamento, bloqueio de pista, uma possível blitz falsa, assaltos, áreas perigosas, carros suspeitos e acidentes. Na verdade, o operador da Faixa do Cidadão precisa de muita malícia, porque em todo lugar haverá maldade e oportunismo. Já houve caso de amigo que quase foi morto em emboscada armada através de convites feitos na própria faixa. Pessoas que se passaram por radio-operadsores o chamaram para tomar um café e o mesmo foi, sem maldade nenhuma, mas estavam na verdade de olho em sua carga de remédios, relata João, Estação Cachorro Louco (Juiz de Fora MG). Portanto amigos, é possível sim fazer do rádio um ambiente saudável e seguro, basta denunciar quaisquer irregularidades e ficar atentos a desvios de conduta. Aproveite e faça sua parte, seja cordeal, e não se misture com radio-operadores que desrespeitam a faixa utilizado linguajar de baixo calão. Em caso de problemas, procure um posto da Polícia Rodoviária Estadual/Federal.

Oferecimento:

PXJF YOUTUBEadio.com.br

→ WATTÍMETRO BIRD - SAIBA TUDO


AUTO/ INFRAÇÃO /MULTA /IMPEDIMENTO/ LICENCIAMENTO EM MINAS GERAIS