Membros Participantes

quarta-feira, março 19, 2014

3

Caminhoneiros fazem manobras arriscadas em MT e fazem mau uso do Rádio PX

Advogado de transportadora, proprietária do caminhão, denunciou o crime.
Um dos caminhoneiros já foi identificado e deverá prestar depoimento.

Dois caminhoneiros ousaram ao fazer manobras arriscadas em uma rodovia estadual de Mato Grosso, próximo ao município de Tapurah, a 414 km de Cuiabá, e colocou em risco outros motoristas que trafegavam pela via. Entre os caminhoneiros, a manobra é conhecida como "quebra de asa" e consiste no movimento de balanço da carroceria de um lado para o outro da pista. O vídeo que mostra a cena foi gravado recentemente e disponibilizado pela Associação dos Transportadores de Carga de Mato Grosso.
saiba mais
Caminhoneiros gravam manobras arriscadas para se exibir na internet
A empresa Transoeste, proprietária de um dos caminhões mostrados no vídeo, informou ter registrado um boletim de ocorrência nesta terça-feira (18) na Polícia Civil de Rondonópolis, a 218 km da capital, para que o caso seja investigado.
O delegado Henrique Meneguelo, que apura o crime, disse que o motorista que aparece no vídeo já foi identificado e deverá ser intimado a prestar depoimento ainda na tarde desta terça-feira. No entanto, a polícia ainda tenta identificar o outro caminhoneiro que aparece fazendo manobras nesse mesmo vídeo.
Os dois motoristas podem responder por dois crimes, sendo direção perigosa e envolvimento em rachas, para os quais estão previstos penas de seis a dois anos de prisão e de seis meses a um ano de detenção, respectivamente. Nesse caso, as penas podem ser somadas. Além disso, os motoristas ainda podem a habilitação suspensa e apreendida.
O presidente da Associação dos Transportadores de Carga do Estado, Miguel Mendes, defende a criação de uma lei para punir esses tipos de infrações.

ADENDO NOSSO:
A ANATEL DEVERIA CAÇAR A LICENÇA DE TODOS ESSES INFRATORES. 
SE ELES TEM A AUDÁCIA DE FAZER ISSO, NÃO DUVIDO DE MAIS NADA... 
TINHA QUE APARECER UM RÁDIO DA FAIXA DO CIDADÃO... QUE VERGONHA!
((•)) Ouça este post

3 comentários:

luiz de alcantara alcantara disse...

Infelizmente estas coisas acontecem, devido a uma maior fiscalização nas estradas brasileiras.Quanto ao uso do rádio nesta situação também acho devida uma punição por parte da Anatel se é, que ele tem um indicativo.

Unknown disse...

Que licença, é tudo clandestino FDP!

Gelson disse...

É por essas e outras que a nossa classe é cada vez mais discriminada no Brasil, em todas as classes existem os bons e os maus profissionais, mas quando se fala de caminhoneiro a maioria das pessoas cometem o cumulo de generalizar e alguns ainda se referem à todos nós como bandidos, se bem que no caso dessa postagem o termo bandido até se encaixa bem.
Nesse caso o PX foi usado apenas para combinar a palhaçada, mas é só digitar no YouTube, balaio no PX pra ver as barbaridades que acontecem nas estradas.

Cadastre seu e-mail para receber novidades

Sem instrumentos, não adianta!

Sem instrumentos, não adianta!
clique na imagem

Postagem em destaque

Consertando e ajustando pastilhas de wattímetro Bird

"Para aqueles que acham que este instrumento é incorruptível", é bom saber que os wattímetros Bird usam elementos removíveis, cha...

→ TVi ↓

TVi é um dos problemas mais sérios que o radio-operador pode sofrer. Pensando nisso, aqui vai algumas dicas seguras sobre como evitar este problema.

1º Cabo: Tem gente que acha que é só soldar o fio no conector e está tudo certo. Ledo engano!

Antes de soldar o conector, certifique-se que a malha esteja totalmente prateada, brilhando. Caso não esteja, substitua o cabo, ele está oxidado. "É normal a ação do tempo".

2º Conector: Verifique a qualidade do conector no ato da compra, e caso o conector esteja a anos sendo utilizado (ou guardado), passe uma lixa fina por dentro no local onde encaixa a malha. Não deve haver nenhum tipo de sujeira ou sinal de oxidação.

3º Conector fêmea do rádio: Utilize uma chave de estria tamanho 19 e aperte a porca. Mal contato é um problema sério. Verifique a solda interna após o reaperto.

4º Não utilize antena tipo 5/8 caseira entre prédios e condomínios que estejam em locais mais altos que sua estação à distâncias menores de 10 metros. Lembre-se que a antena 5/8 irradia em ângulo reto, e a antena de tv do vizinho pode ser aquele famoso "bombrill".

Escolha sempre antena 5/8 industrial. Se for caseira utilize 1/4 de onda, pois seu lóbulo de irradiação aponta a ionosfera, ao invés do horizonte, como no caso da 5/8.

5º Não abra o ALC do equipamento - limitadores de áudio. O ALC libera espúrios. Ao abrir potência do equipamento, mantenha intacto o ALC, ou solicite que seja feito por um técnico que tenha posse de instrumentação, como analisador de espectro, e "que saiba usar". Da mesma forma que fazemos em nosso laboratório. Isso é imprescindível! Abrir ou aumentar potência não tem nada a ver com liberar ALC. Isso é para incompetentes e palitadores. Se abrir a potência do equipamento, lembre-se de deixar o ALC atuando.

6º Estacionária: Nunca se esqueça que estacionária baixa não tem nada a ver com ressonância. A antena pode estar com roe ótima em determinado local, mas não estar ressonando corretamente. Desta forma, não adianta ter rádio potente se o restante da Estação está aquém.

7º Identificar o "plano terra": Plano terra não tem nada a ver com antena plano terra. Você deve saber onde é o plano terra de sua Estação, e o mesmo não tem nada a ver com o solo. Descobrindo o plano terra, a partir dele você saberá qual é a altura ideal para sua antena. Respeitando esta regra, além do rendimento otimizado de sua Estação, jamais correrá riscos de TVi. Dúvidas?

Consulte-nos.

→ Dica de Segurança

A vantagem do Rádio na estrada, além da possibilidade de fazer grandes amigos, é saber o que está acontecendo lá na frente. Um possível deslizamento, bloqueio de pista, uma possível blitz falsa, assaltos, áreas perigosas, carros suspeitos e acidentes. Na verdade, o operador da Faixa do Cidadão precisa de muita malícia, porque em todo lugar haverá maldade e oportunismo. Já houve caso de amigo que quase foi morto em emboscada armada através de convites feitos na própria faixa. Pessoas que se passaram por radio-operadores o chamaram para tomar um café e o conhecer, e o mesmo foi, sem maldade nenhuma, mas estavam na verdade de olho em sua carga de remédios, relata João, Estação Cachorro Louco (Juiz de Fora MG). Portanto amigos, é possível sim fazer do rádio um ambiente saudável e seguro, basta denunciar quaisquer irregularidades e ficar atentos a desvios de conduta. Aproveite e faça sua parte, seja cordial, e JAMAIS se misture com radio-operadores que desrespeitam a faixa utilizado linguajar de baixo calão. Em caso de problemas, procure um posto da Polícia Rodoviária Estadual/Federal e denuncie.

Compartilhe!

→ WATTÍMETRO BIRD - SAIBA TUDO