Membros Participantes

quarta-feira, janeiro 30, 2013

5

Acoplador de antenas

Qual é a função do acoplador de antenas?
-acoplar!
Como?
-Calma, eu explico.
Imagine que você possui uma antena 5/8 de onda com roe - relação de ondas estacionárias, refletidas - de 1.1 em sua Estação, mas você decidiu ir para um sítio descansar, e deseja levar seu rádio... a antena fica, claro!
Você chega no sítio/roça/fazenda e estica um pedaço de fio para um lado, outro pedaço de fio para o outro e eis que tem uma dipolo meia boca. Mas e a estacionária?
Aí vem o macete.
Para fazer uma dipolo, você usa a continha: 142,5 e divide pela frequência. (use vírgula, não ponto) Neste caso usaremos o canal central 40.
Fica assim: 142,5 / 27.405 = +- 5,19 metros. O resultado você divide por 2, que representa cada lado da antena = +- 2,59 metros.
Para esticá-la, use cabo - nylon - de pesca.
-Mas o fio que estou usando para fazer a antena está fora da medida, faltou fio... Recorremos então ao acoplador, que casa a impedância do sistema irradiante com o rádio. Ou melhor, engana o rádio, fazendo com que ele transmita em sua total plenitude sem o problema da estacionária.
Eu já mostrei a vocês os efeitos da estacioária no transmissor (Neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=YQs5yC32eos), e vocês sabem que o ideal mesmo é trabalhar SEM ACOPLADOR - com roe de 1.1 -, mas se for inevitável, use.

Existem ótimos acopladores no mercado, como a exemplo os LDG, ICOM, MFJ, entre outros, e existem os AT120, AT130, MFJ, ou até mesmo aquele baratinho da ALAN/VOYAGER K112.
A diferença é que existem acopladores 2 para 1, 3 para um, e a escala vai até os 10 para 1 ou mais.
O que significa isso?
Um acoplador 10 para 1 acopla uma antena de 11 metros em 40 metros, enquanto um acoplador 3 para um não. Só isso!

Quanto maior for a gama de cobertura do acoplador, mais área ele é capaz de cobrir, e com isso você ganha, por isso sempre escolha os melhores.
Se você não for acoplar antena de px 27mhz em 7mhz, pode usar o baratinho mesmo que ele resolve o problema. Mas fique ligado, pois acopladores 10 para 1 normalmente são automáticos, e a marca que aconselho é o Americano LDG.
Abraço a todos!!

((•)) Ouça este post

5 comentários:

Luiz C. Pinheiro disse...

O certo mesmo é levar no porta-malas do carro uma antena de fio de cobre cortada certinha na frequencia desejada com os isoladores e o cabo coaxial ja conectados a ela. Quando chegar ao destino, é so esticar e pronto. Leve tambem no carro esses acopladores baratinhos (VK-123 da Voyager) e utilize o medidor de ROE do radio PX para o ajuste. Tudo isso não leva mais de 15 minutos. Faça isso enquanto a cerveja gela. Bons contatos!!!!

Rone Cebolinha disse...

boa noite tenho uma estacao movel, c eu colocar o acoplador posso usar os 11 os 30 e os 40 metros na mesma antena? no caso em uma maria mole?

André Luiz disse...

Tem um bocado de coisas para aprender, hein Rone?!
Antenas para a faixa dos 40 Metros você consegue acoplar em frequências mais baixas, como 20 metros, 11 metros, 10, etc... Nunca o contrário. Pode sobrar antena, faltar, jamais.

De qualquer forma, NÃO É qualquer acoplador que faz esse tipo de serviço. Não me pergunte qual deve usar, está além da minha capacidade.

PT9-HP disse...

Você pode acoplar até um prego.... claro que irradiará como um prego! Depende do tipo de acoplador e estes modelos em "pi" não vai funcionar. Dê uma pesquisada no Google por Galieno Lobato PY4JR. No blog dele tem uns esquemas bons sobre acopladores. Bons livros como o ARRL Radio Amateur Handboolk tem teoria e esquemas, mas em inglês técnico, fácil de entender. Nota: bons acopladores tem um indutor (bobina) e um sistema que te permite alterar a indutância curto circuitando as espiras. Estes podem acoplar quase qualquer coisa... 73

Flavio Lamoza disse...

OLá. Sou leigo no assunto. Pelo que entendi, um acoplador de antenas ligado em uma antena vertical 5/8 (por ex)... esse acoplador irá me ajudar a manter uma estacionária legal em qualquer frequência que eu use no meu rádio (Voyager 158 egtl)?

Cadastre seu e-mail para receber novidades

Sem instrumentos, não adianta!

Sem instrumentos, não adianta!
clique na imagem

Postagem em destaque

Consertando e ajustando pastilhas de wattímetro Bird

"Para aqueles que acham que este instrumento é incorruptível", é bom saber que os wattímetros Bird usam elementos removíveis, cha...

→ TVi ↓

TVi é um dos problemas mais sérios que o radio-operador pode sofrer. Pensando nisso, aqui vai algumas dicas seguras sobre como evitar este problema.

1º Cabo: Tem gente que acha que é só soldar o fio no conector e está tudo certo. Ledo engano!

Antes de soldar o conector, certifique-se que a malha esteja totalmente prateada, brilhando. Caso não esteja, substitua o cabo, ele está oxidado. "É normal a ação do tempo".

2º Conector: Verifique a qualidade do conector no ato da compra, e caso o conector esteja a anos sendo utilizado (ou guardado), passe uma lixa fina por dentro no local onde encaixa a malha. Não deve haver nenhum tipo de sujeira ou sinal de oxidação.

3º Conector fêmea do rádio: Utilize uma chave de estria tamanho 19 e aperte a porca. Mal contato é um problema sério. Verifique a solda interna após o reaperto.

4º Não utilize antena tipo 5/8 caseira entre prédios e condomínios que estejam em locais mais altos que sua estação à distâncias menores de 10 metros. Lembre-se que a antena 5/8 irradia em ângulo reto, e a antena de tv do vizinho pode ser aquele famoso "bombrill".

Escolha sempre antena 5/8 industrial. Se for caseira utilize 1/4 de onda, pois seu lóbulo de irradiação aponta a ionosfera, ao invés do horizonte, como no caso da 5/8.

5º Não abra o ALC do equipamento - limitadores de áudio. O ALC libera espúrios. Ao abrir potência do equipamento, mantenha intacto o ALC, ou solicite que seja feito por um técnico que tenha posse de instrumentação, como analisador de espectro, e "que saiba usar". Da mesma forma que fazemos em nosso laboratório. Isso é imprescindível! Abrir ou aumentar potência não tem nada a ver com liberar ALC. Isso é para incompetentes e palitadores. Se abrir a potência do equipamento, lembre-se de deixar o ALC atuando.

6º Estacionária: Nunca se esqueça que estacionária baixa não tem nada a ver com ressonância. A antena pode estar com roe ótima em determinado local, mas não estar ressonando corretamente. Desta forma, não adianta ter rádio potente se o restante da Estação está aquém.

7º Identificar o "plano terra": Plano terra não tem nada a ver com antena plano terra. Você deve saber onde é o plano terra de sua Estação, e o mesmo não tem nada a ver com o solo. Descobrindo o plano terra, a partir dele você saberá qual é a altura ideal para sua antena. Respeitando esta regra, além do rendimento otimizado de sua Estação, jamais correrá riscos de TVi. Dúvidas?

Consulte-nos.

→ Dica de Segurança

A vantagem do Rádio na estrada, além da possibilidade de fazer grandes amigos, é saber o que está acontecendo lá na frente. Um possível deslizamento, bloqueio de pista, uma possível blitz falsa, assaltos, áreas perigosas, carros suspeitos e acidentes. Na verdade, o operador da Faixa do Cidadão precisa de muita malícia, porque em todo lugar haverá maldade e oportunismo. Já houve caso de amigo que quase foi morto em emboscada armada através de convites feitos na própria faixa. Pessoas que se passaram por radio-operadores o chamaram para tomar um café e o conhecer, e o mesmo foi, sem maldade nenhuma, mas estavam na verdade de olho em sua carga de remédios, relata João, Estação Cachorro Louco (Juiz de Fora MG). Portanto amigos, é possível sim fazer do rádio um ambiente saudável e seguro, basta denunciar quaisquer irregularidades e ficar atentos a desvios de conduta. Aproveite e faça sua parte, seja cordial, e JAMAIS se misture com radio-operadores que desrespeitam a faixa utilizado linguajar de baixo calão. Em caso de problemas, procure um posto da Polícia Rodoviária Estadual/Federal e denuncie.

Compartilhe!

→ WATTÍMETRO BIRD - SAIBA TUDO